sábado, 22 de setembro de 2018

7 Livros que eu abandonei

Abandonar livros é um assunto muito delicado. Eu particularmente tenho uma relação dificil. Às vezes eu nem penso duas vezes antes de abandonar uma história, especialmente se ela está romantizando coisas erradas. Outras vezes, eu fico com muita pena de ter que deixar um livro de lado, especialmente quando o único motivo é porque está chato, maçante. 

A questão é: eu já abandonei muitos livros, bem mais do que eu gostaria. E, inclusive, esse ano eu acabei deixando um monte de livros de lado :( Vou contar aqui os 10 livros que eu abandonei e os principais motivos.

Como ter uma vida normal sendo louca, de  Jana Rosa e Camila Fremder

 Eu comecei a ler esse livro no começo do ano e, sério, parecia que meus olhos iam sangrar a qualquer momento. Eu até hoje não entendi qual o motivo desse livro existir! É um livro de humor, com dicas para mulheres e todo o livro tem 208 páginas, mas eu não consegui passar da página 50. Achei fútil demais, muito mentiroso e ainda reforça estereótipos e preconceitos (todas aquelas piadinhas sobre o corpo acima do peso? sério?). Se a ideia era ser sarcástico, eu não peguei. E, mesmo se fosse, foi muito insensível. Achei um grande desserviço.

O Diabo Veste Prada, de Laureen Weisberger   

O Diabo Veste Prada é um dos meus filmes preferidos. Logo, quando peguei o livro para ler achei que iria ser uma grande paixão. Mas não foi. Olha, eu juro que tentei e muito ler o livro todo, mas a impressão que eu tinha era que eu lia horrores e não passava nem dez páginas.  Cheguei a ler metade, mas não consegui concluir. Achei a história diferente do filme, em vários aspectos. O livro é bem mais lento, a escrita não foi muito fluida... Enfim, abandonei e acho que não tenho coragem de pegar para ler de todo.


O Mundo de Sofia, Jostein Garder

Eu já tentei ler esse livro, pelo menos, umas seis vezes. Desde 2011 eu tento ler, sério! Eu gosto da história, acho interessante, mas quando chego na metade (e sim, eu sempre paro na metade!!!), eu não consigo continuar, começa a ficar chato, maçante, eu dou uma pausa e volto a ler meses depois, aí tenho que ler do inicio e novamente não consigo terminar. Eu gosto de filosofia e acho muito legal a forma como o autor trata o tema, mas para mim é um livro que nunca funcionou bem :(


Julieta Imortal, de Stacey Jay

Eu sempre tenho interesse em ler histórias que são releituras modernas de histórias muito conhecidas. E quando comprei Julieta Imortal fiquei super animada porque todo mundo dizia maravilhas do livro. Mas foi só começar que eu fiquei decepcionada. Acho que o problema nem é tanto o livro, mas o meu momento. Se eu tivesse lido alguns anos atrás, quando amava ler Crepúsculo, eu teria gostado. Mas lendo atualmente achei muito bobo, mal construído, com os personagens bem irritantes. Eu queria muito terminar, mas não deu!

Outras palavras para o amor, de Lorraine Zago Rosenthal 

De todas as decepções, acho que essa foi a pior. Eu queria tanto esse livro, há anos, que quando vi em promoção nas Lojas Americanas comprei imediatamente. Mas o livro me fez tão mal que eu fiquei em uma ressaca literária de meses - e não consegui nem terminar de ler. Eu achei a história muito negativa, a personagem principal é sempre muito falsa e tem inveja da irmã mais velha, além de ficar desejando o marido da irmã! Ou seja, muita coisa pesada para uma pessoa. E só de ler eu fiquei me sentindo mal. Parece que sugava minhas energias.

 As vantagens de ser invisível, de Stephen Chbosky

Logo quando o filme estava para ser lançado, eu tentei muito ler As Vantagens de Ser Invisível e não consegui. Se não me engano, eu li quase até metade. Mas o livro estava me deixando muito mal, meio triste, para baixo e etc. O problema não foi exatamente o livro, mas sim a minha experiência com ele, como eu me senti lendo. E desde então eu nunca mais tentei e acabei até mesmo esquecendo.    

Água para Elefantes, de Sara Gruen 

Logo quando eu descobri meu amor pelos livros, no começo da adolescência, eu queria muito ver o filme desse livro, afinal, o Robert Pattison era o ator principal. Então comprei o livro para ler antes de assistir, mas não sei direito descrever o que aconteceu na leitura (até porque isso tem alguns anos...), mas achei o enredo meio lento no começo, a escrita meio maçante. Eu tentei umas três vezes e não consegui. Deixei o livro na estante muitos anos me enganando achando que em algum momento iria ler até admitir que eu nem me interessava mais pelo filme, nem livro, nem nada da história.



No Skoob, aparece que eu abandonei 17 livros. Mas eu sei que há até mais, porque às vezes eu desisto de uma leitura, mas me engano achando que irei retomar mais para a frente, rs. Você já leu - ou tentou - algum desses livros? E quais foram os livros que você abandonou?

11 comentários:

  1. Também li esse livro "Como ter uma vida normal sendo louca" ano passado e fiquei tentando mastigar ele, consegui terminar de ler, mas acho que vai muito do momento. Ele foi lançado em 2013, quando nenhum desses assuntos eram tratados com consciencia e sim com humor, então acredito que tenha tido boas vendas NA ÉPOCA mas que não se encaixa para hoje em dia que já conseguimos quebrar vários dos padrões citados no livro né? Minha irmã tentou ler O Diabo Veste Prada e também não gostou, não terminou ainda. Já vi as pessoas falando que "As vantagens de ser invisível" é melhor o livro do que o filme, eu não posso optar, só vi o filme mesmo. Já esse "Água para Elefantes" vi que muita gente preferiu o filme também.
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oiii Alexia

    Também não pude com As vantagens de ser invisivel e Julieta Imortal, ambos me pareceram maçantes, chatos. O Mundo de Sofia eu queria tanto gostar, é um dos livros favoritos da minha irmã mais velha, ela leu e releu um montão de vezes e eu meio que pensava que gostar do livro era o natural e que eu não ter gostado é porque eu que não entendia, mais tarde me liguei que há livros que simplesmente não são pra mim por mais famosos ou clássicos que sejam. Tb abandonei livros, antes morria de dó, hj não mais, sempre penso que o meu tempo e energia vale mais que qualquer coisa.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Alexia, dos livros citados eu só li O mundo de Sofia e foi na escola, confesso que queria ter abandonado, jamais lerei de novo! rsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lex!
    Eu li esse Mundo de Sofia e foi bem sofrido viu? Pensei que nunca ia terminar.
    As Vantagens de Ser Invisível é um dos melhores livros da minha vida.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. São quatro kits; um para cada ganhador

    ResponderExcluir
  5. Oi, Aléxia
    Eu não abandono livros quando vejo algo que me incomoda, na verdade só abandono mesmo quando a leitura não flui, e nada me faz prosseguir. Desses eu já li As vantagens de ser invisível que eu também achei meio parado, meio sem graça, mas fui até o fim. Agora Água para elefantes eu abandonei também, na época tinha preguiça da história.
    Beijo!
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  6. Mulheeer, se eu vou fazer essa TAG, nem sei onde vou parar HAHAHA eu já abandonei muitos livros na vida, mas desde que o ano começou, falei pra mim mesma que vou ler todos os não lidos da estante, atualmente tô lendo O Lado Bom Da Vida que eu já tinha abandonado duas vezes (e tá uma leitura sofrida, viu, vontade de abandonar tá forte HAHA). Desses da tua lista só li As Vantagens de Ser Invisível, é um dos meus filmes favoritos, mas quando li o livro também não gostei e sinto que também foi coisa do momento. Queria reler ele pra ver como reagiria agora. Mentira que O Diabo Veste Prada não é bom? Ahhhh, dá até medo de tentar ler e ficar com ranço porque também é um dos meus filmes favoritos :(. Adorei o post!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lex! Tudo bom?
    Ultimamente eu ando tão sem paciência com alguns tipos de histórias que é aparecer um detalhezinho que me irrita e eu já jogo pela janela (figurativamente falando). Tem uns que são mais arrastados e eu sempre dou uma chance. Como você disse, abandonar livro é uma questão complicada UHASUHUHASUHASUH
    Dos que tu citou, só li As Vantagens e gostei bastante na época. É bem paradão, mas gostei da mensagem e do plot twist no fim. Mas vai de cada pessoa!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lex!
    Eu li Julieta Imortal e gostei bastante, tanto que tenho os dois livros aqui em casa. Mas tenho certeza que se eu tivesse lido hoje, não teria gostado tanto. Nosso gosto muda e conseguimos perceber que se tivéssemos lido há alguns anos, tudo seria perfeito, né?
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  9. Oi Lex! Não abandonei muitos não. Eu sempre quis ler Julieta Imortal, mas acabou ficando parado na estante e até hoje não conferi. Alguns da sua lista eu já li e gostei, pena que não deram certo para você. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Tem livros que é complicado mesmo, por mais que tento acabo desistindo também é o mesmo que com fimes

    ResponderExcluir
  11. Oi Aléxia
    Eu não abandono um livro (minto, acho que já fiz isso com alguns), normalmente faço um leitura mais dinâmica daqueles mais chatos. Eu também não gostei de Julieta Imortal, tanto que tinha o segundo e não li, acabei me desfazendo dele, achei que ia ser perda de tempo. E também não gostei de Água para Elefantes, mas li até o fim. Os outros não li ainda, mas acredito que nem tentaria ler O Mundo de Sofia.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir

BlogsBrasil