terça-feira, 11 de setembro de 2018

O Outro Lado do Mundo, de Lívia Moura | Resenha #25

livro o outro lado do mundo livia moura

Tem livro que já nos conquista pela capa. E foi assim com O Outro Lado do Mundo, da Lívia Moura. A capa me chamou a atenção de imediato, mas foi a sinopse que fez meus olhos brilharem. Uma história que promete muitas coisas: paixão arrebatadora, autoconhecimento, perdão, novas descobertas e uma viagem pela Escócia. 

Título: O Outro Lado do Mundo
Autora: Lívia Moura
Editora: Amazon | Independente
Páginas: 527
Ano: 2017
SKOOB - AMAZON

Desde sempre Aurora nutriu um encanto pela história de seus avós. Um casal apaixonado que mesmo com a idade já avançada nunca perdeu o brilho nos olhos. Embora admire muito os dois, Aurora não consegue ser nada parecida com eles. Bom, ela tem a mesma paixão por viajar que seu avô e não é  a toa que trabalha como guia de turismo na agência dele. Mas diferente de Oliver, ela é metódica e não gosta nunca de arriscar. 

Quando a sua avó, de quem ela herdou o nome, falece, a vida de Aurora muda totalmente e então seu avô lhe dá um ultimato: ou ela faz uma viagem para Escócia - lugar onde seus avós se conheceram e se apaixonaram - ou ele venderá sua agência. Os problemas se complicam quando novas exigências surgem: Aurora não poderá ter um roteiro planejado, apenas 5 destinos já escolhidos por seu avô, não pode organizar nada de antes. 

Os clientes de Aurora já estão definidos: Arthur, um rapaz com pinta de mauricinho, junto com sua irmã Maysa, uma top model famosa e Max, melhor amigo de Arthur e ex-namorado de Maysa. Para completar, há um segundo guia, Colin, um galês mau humorado que não está disposto a facilitar nada a viagem de Aurora. 

o outro lado do mundo



Esse é aquele livro cheio de sensibilidade que te conquista logo nos primeiros capítulos. Eu estava com altas expectativas pela história, porque adoro livros que misturam pessoas diferentes (dando um bom foco para pelo menos mais de dois protagonistas) e também têm alguma viagem no meio. Mas juro que mesmo com as expectativas altas, o livro ainda conseguiu me surpreender. 

A autora consegue criar diversos personagens diferentes, mas ainda assim encantadores - quer dizer, alguns demoram um pouco para mostrar esse seu lado, mas ele existe hahah. Aurora é uma mulher que nunca foi muito de se arriscar e sempre viveu assistindo mais as emoções dos outros do que criando suas próprias memórias. Mas quando chega na Escócia, ganha um diário que pertencia a sua avó e descobre segredos que nunca imaginou que pudessem ser verdade. A visão do amor perfeito de seus avós, então, começa a ser completamente modificada.
Fazer do mundo inteiro sua residência também é uma maneira de estar em casa.
Maysa e Max foram um casal apaixonado muitos anos antes, mas o rapaz - que, na época, tinha uma boa dose de bad boy em sua personalidade - abandonou a mocinha sem mais nem menos, o que acabou fazendo com que ela se mudasse para Nova Iorque e começasse sua promissora carreira de modelo - carreira tal que ela quase desistiu justamente por causa de Max. Agora eles estão juntos de novo em uma viagem e tentam esconder sentimentos enquanto fingem que não vivem mais no passado. 

- Qualquer um que te enxergue como menos do que maravilhosa é um idiota, Maysa. Porque é isso que você é - garante intenso. - Sua alma é de parar o trânsito, garota.


E eu me apaixonei por esses dois. No começo nós não entendemos direito o que aconteceu com Max e Maysa, mas logo vemos que a história não é tão simples quanto parece ser. Maysa é uma mulher decidida, com a língua afiada e sempre acaba falando mais do que deve. Max é aquele homem misterioso, gentil e encantador. E cada cena dos dois juntos me fez prender a respiração e ficar gritando em pensamento: SE BEIJEM LOGO! Sério, é impossível não shippar.

Porque isso é amor: o companheirismo, apoio incondicional, cuidado. O resto não deve passar de paixões fulminantes capazes de nos deixar cicatrizes profundas. Amor não deixa cicatrizes, as cura. E, acima de tudo, amor pode ser construído.

Colin tem um passado conturbado e está indo na viagem mais por obrigação - afinal, depois do seu pai ter se tornado um alcoólatra, ele precisa de todo dinheiro que conseguir. Para completar, ele odeia a família de Aurora e, por isso, não faz o menor esforço para facilitar a vida dela. Mas, no fundo, o leitor sabe que ele tem um bom coração, escondido por trás de todo seu mau humor e frases ríspidas. 

livro nacional o outro lado do mundo



 O Outro Lado do Mundo vai tendo a narrativa, sempre me primeira pessoa, alternada por esses protagonistas. Aurora e Maysa são as que mais narram os acontecimentos da viagem, mas também há capítulos narrados por Max, Colin e Arthur. Isso é muito bom porque acaba que a história não fica somente centrada em um ponto, ela vai mudando e ganhando nuances conforme os personagens vão contando suas histórias e pontos de vista. 

Essa foi uma excelente escolha especialmente que pudéssemos ir vendo o desenvolvimento e crescimento dos personagens. Todos os personagens tem questões pessoais para lidar, magoas do passado, traumas, medos, inseguranças e perdão a ser liberado. Com a narrativa sendo alternada, podemos conhecer mais profundamente esses sentimentos e nos conectar a cada um deles.

Conforme a história flui, mais apegada eu fui ficando aos personagens. Deu vontade de confortar a Aurora, de rir com a Maysa, de ser melhor amiga do Max... Enfim, cada personagem é diferente, único e apaixonante ao seu modo. Mas o mais interessante é que, embora todos eles estejam juntos na viagem, cada um tem vivido essa experiência de uma forma pessoal. Aurora descobrindo os segredos do passado de sua família e se descobrindo como uma pessoa que precisa criar sua própria história, e não viver olhando para fragmentos do amor de seus avós; Max e Maysa descobrindo segredos do seu próprio passado e buscando lidar com sentimentos que não morreram... 


- Ajudaria se fosse possível saber quais de nossas decisões de agora são candidatas ao título de erro no futuro - volto a participar da discussão.
- Não é difícil. - Helen arremata. - Geralmente são aquelas que não dão ouvidos ao coração.

A amizade e o amor que vai crescendo dentro desse grupo acabam fazendo o livro se tornar muito dinâmico e eu passei não somente a amar os personagens, como amar as relações que nasceram entre eles. Esse é aquele tipo de livro que tem de tudo um pouco, desde situações emocionantes à cômicas. Foi um livro em que eu me emocionei, me surpreendi muito e dei umas boas risadas. 

Mas, acima de tudo, foi um livro que me trouxe também aprendizados, que falou muito ao meu coração sobre perdão, recomeços, autoconhecimento, coragem, força, amor... É um livro que tem uma gama de assunto sendo tratados simultaneamente, mas sem perder sua leveza e simplicidade. Não teve absolutamente nada que me incomodasse - e para completar eu ganhei uma viagem pela Escócia, conhecendo várias coisas, pois a autora criou uma ambientação tão boa que eu, sinceramente, me sentia dentro da viagem e sendo amiga desse quinteto.

Então, se preparem, pois eu não vou me cansar de recomendar esse livro aqui no blog, afinal ele foi uma das minhas melhores surpresas do ano!

Nota: 5/5

Notas: 1 - Ruim, péssimo;  2 - Médio, regular; 3 - Bom, legal;  4 - Muito bom;  5 - Ótimo, incrível; - É um dos meus preferidos
 Quer acompanhar minhas leituras? Me adiciona/segue no skoob!

Se interessou? Baixe O Outro Lado do Mundo!

11 comentários:

  1. Eu amo livros que trazem mensagens e reflexões. E esse trouxe boas reflexões, né? Já quero ler!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Alexia, tudo bem?

    Realmente a capa é encantadora, desperta curiosidade! E eu tb curto a mistura de personagens diferentes no enredo, já me interessei pelo livro!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Hi, tudo numa nice?!
    Tem capas que nos fisgam mesmo e quando o Pallas mostrou essa não foi diferente. Achei muito linda mesmo. Eu leria o livro apenas por ela, mas não sou muito fã de romance e definitivamente não é o meu estilo. Mas gosto de ver estórias que envolvem o perdão e situações desse tipo. É muito difícil ver as pessoas perdoando.
    XO XO
    https://piecesofalanagabriela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Um livro que tem viagem e novas aventuras da personagem se descobrindo, é um livro que me ganha. E, peraí, antes dela ir pra Escócia o livro se passa aqui no Rio??? :o Porque pela foto ali parece e é aí que me ganha ainda mais. Porque conforme os autores vão falando sobre os lugares daqui do Rio, eu vou lembrando e imagino a cena completa com todos os detalhes. Já vou adicionar o livro na minha lista. O melhor é que na Amazon ele tá baratinho :o Acho que já vou comprar.
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  5. Haaaa ela é incrivel !!!


    http://dosedeestrela.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Aléxia
    Eu já quero ler esse livro! Assim como você, eu bati o olho na capa e decidi, ela é linda demais pra passar despercebida. Adoro tramas que se passam em outros lugares, é ótimo conhecer histórias diferentes e acompanhar esse casal. Tenho certeza que vou amar!
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, td bem?
    Não conhecia o livro, tbm adorei a capa!
    N é o tipo de enredo q costumo ler, mas acho q iria gostar sim! Gostei da resenha!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Aaaaa, acho que meu outro comentário deu erro ao enviar. Vou tentar lembrar o que falei hahaha. Adorei a proposta do livro, é bem do jeitinho que eu amo ler e eu até já tinha visto essa capa linda por aí, mas não sabia do que se tratava. Agora já quero!!

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  9. Olá, Aléxia.
    Eu gostei muito da capa e o enredo me atrai bastante. Gosto disso de visitar o passado. E gostei ainda mais de saber que tem o ponto de vista de várias pessoas. Odeio quando fica só em uma hehe. Se der vou ler ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Esse livro contém todos os itens que eu gosto de ver numa história, sua resenha ficou bem explicada e despertou meu interesse, já anotei sua dica. Parabéns!

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir

BlogsBrasil