segunda-feira, 16 de abril de 2018

Se você me visse agora, de Cecelia Ahern [resenha #10]


resenha se você me visse agora
Já fazia muito tempo que eu estava a fim de ler um livro da Cecelia Ahren, e andando pela sessão de 2 livros por R$:10,00 no sebo eu encontrei esse. Nunca tinha ouvido falar de Se você me visse agora e comprei na cara e coragem sem mal ler a sinopse. E hoje eu trago a resenha desse livro que me surpreendeu para vocês.

Título: Se você me visse agora
Autora: Cecelia Ahern
Editora: Rocco
Páginas: 304
Ano: 2011

Elizabeth Egan teve uma infância de desilusões, com uma mãe que estava sempre ausente e depois de alguns anos abandonou ela, seu pai e sua pequena irmã ainda bebê para que Elizabeth cuidasse. Não é de se esperar que, agora com 34 anos, e tendo novamente cuidar de uma criança que não é sua, seu sobrinho Luke, Elizabeth busca por equilíbrio e estabilidade em todas as áreas de sua vida, tendo que controlar tudo a todo o momento e não deixando que nem uma parte de sua mente explore a imaginação e ilusões.
Tudo começa a muda, porém, quando Luke, seu sobrinho de 6 anos, começa a enxergar um amigo imaginário, o que passa a enlouquecer Elizabeth, já que tudo que ela menos quer é que o sobrinho se torne uma pessoa "no mundo da lua" como a mãe a avô. As coisas começam a mudar ainda mais quando Elizabeth passa a enxergar Ivan, mas não se dá conta que somente ela e Luke podem vê-lo.

São as crianças que sabem exatamente o que está acontecendo com o mundo. Elas enxergam mais que os adultos, elas acreditam mais, são honestas e sempre, sempre permitem que você saiba em que pé está.

Elizabeth tem grandes traumas da sua infância, e isso afeta todas as áreas de sua vida. Apesar de ser uma designer de interiores, ela nunca vai muito além da sua paleta de cores cinzas, sua casa é sempre limpa e organizada e sequer parecer que há uma criança vivendo ali. Para piorar a situação. Elizabeth é incapaz de demonstrar sentimentos que passem um pouco mais de afeto, mesmo com Luke, do qual ela cuida como uma mãe desde que nasceu.

resenha se você me visse agora

Ivan é um amigo imaginário e essa é sua profissão. Quando ele é enviado para a casa de Luke percebe que há algo diferente, já que o menino não tem nenhum problema do qual ele possa ajudar ao contrário de sua tia... Porém, nunca nenhum amigo imaginário foi enviado para um adulto e nenhum adulto pode enxerga-lo. Até que as coisas começam a mudar e Ivan recebe uma responsabilidade maior do que jamais recebeu: ajudar um adulto.

Confesso que minhas expectativas não estavam altas para esse livro, o que foi ótimo, já que assim me permiti ser surpreendida. A escrita da Cecelia é um pouco arrastada, as partes de muito diálogo não compensam as muitas outras de uma narração detalhada e extensiva e muitas vezes até mesmo repetitiva sobre a infância de Elizabeth e detalhes de sua casa, trabalho e características dos locais. Porém, tudo isso acaba sendo compensado pela criação de personagens tão cativantes e mágicos - literalmente.

Os personagens são muito bem construídos, e dá para se sentir próximo de ambos, mesmo com a narrativa em terceira pessoa na maior parte das páginas. Além disso, a autora consegue criar um clima de empatia por personagens como a Elizabeth e seu pai, emocionando em muitas partes e deixando o coração do leitor super apertado. Minha única crítica é que o livro não abriu um leque maior para os personagens secundários que tem pequenas participações, fazendo a história girar em torno de Elizabeth e seus dramas, para quem gosta de livros com vários personagens e ligações isso pode ficar em falta.

[...] não importa onde esteja, a gente sempre precisa de um amigo.

O desenvolvimento da história foi muito bem trabalhado, os acontecimentos vão sendo bem detalhados e aos poucos as coisas vão acontecendo, o que eu curti bastante pois conseguimos acompanhar a evolução dos personagens e não dá aquele jeito apressado para o livro que faz o leitor se perguntar como, quando e onde tanta coisa aconteceu.

A Cecelia cria uma atmosfera muito mágica e deliciosa de ler, você passa as páginas e fica se perguntando a todo instante o que vai acontecer e às vezes é uma caixinha de surpresas. Além disso, a história nos ensina muito sobre dor, passado, traumas, infância, amor, superação, medo e todos esses temas que todo mundo conhece. Vale a pena a leitura, sem dúvidas.


Nota: 4/5 

Notas: 1 - Ruim, péssimo;  2 - Médio, regular; 3 - Bom, legal;  4 - Muito bom;  5 - Ótimo, incrível; ♥ - É um dos meus preferidos
 Quer acompanhar minhas leituras? Me adiciona/segue no skoob!


Compre 'Se você me visse agora' na Amazon: 


11 comentários:

  1. Oi, Aléxia!
    Eu só li um livro da Cecelia e também achei a narrativa dela meio lenta, mas eu ainda assim quero ler outras obras da autora, já que muita gente gosta. Esse nunca ouvi falar mas vou colocar na minha lista.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Aléxia!
    Eu não consegui terminar o livro que tenho aqui em casa da autora. A escrita dela não deu certo para mim e eu não sei compraria outro livro para tentar gostar dela. Acho que fico com os filmes baseados neles e está tudo certo hahaha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu já li dois livros da autora e lembro de ter gostado das duas leituras mesmo com uma escrita um pouco mais arrastada/detalhada. Fico muito feliz que você tenha achado o livro sem querer e que ele tenha sido satisfatório! Nunca li nada relacionado a amigos imaginários dessa forma e parece ser muito interessante
    Beijos,
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia essa autora, o preço bem acessível! Gostei
    Beijos

    www.estiilocarol.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Aléxia,

    Eu só li um livro a autora e gostei da escrita dela.
    Estou com mais um na estante para ler, espero pegar em breve.
    Bjs!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  6. Oi Alexia, vc é a rainha dos sebos <3 Eu nunca li nada da autora, não sabia que era um tanto arrastada, mas se o enredo se desenvolve bem, assim como os personagens, já vale a pena! Parece um livro que emociona!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oi, Aléxia, tudo bom?

    Até hoje li apenas O Ano Em Que Te Conheci e também tive essa impressão da escrita dela. Ela é bem detalhista e às vezes isso deixa a narrativa bem devagar.
    Também nunca tinha ouvido falar nesse livro, nunca nem vi essa capa.
    E que bom que você foi sem expectativas e acabou curtindo.
    Vou te falar que o enredo não chamou muito minha atenção, até curto histórias com bastantes ensinamentos, mas essa realmente não despertou meu interesse.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. This book made a strong impression on me dear,thanks for sharing..

    https://clicknorder.pk online shopping in pakistan

    ResponderExcluir
  9. Oi, Aléxia!

    Eu não conhecia esse livro, mas achei a proposta dele bem legal e diferente. Da autora, eu só li 'Ps.: eu te amo' (e gostei bastante). Acho que esse negócio da narrativa ser arrastada e com muitos detalhes é uma característica da autora, porque em 'PS eu te amo' eu também notei isso. De qualquer forma, fiquei curiosa para saber como o amigo imaginário irá ajudar a Elizabeth.

    Beijão
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  10. Uma dádiva poder comprar bons títulos a um preço tao acessível! Achei as fotos lindíssimas também. Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li nada dessa autora, fiquei curiosa.
    big beijos,
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir