sexta-feira, 20 de julho de 2018

Os segredos de Colin Bridgerton, de Julia Quinn (Os Bridgertons #4) | Resenha #19

Com essa febre dos romances de época, eu decidi continuar a ler a série d'Os Bridgertons da Julia Quinn. Li o primeiro anos atrás, no ano seguinte li o segundo e esse ano o terceiro (que foi o que menos gostei até então) e agora o quarto, Os Segredos de Colin Bridgerton.

Título: Os Segredos de Colin Bridgerton
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 336
Ano: 2014




Penelope Featherington está sempre na casa dos Bridgertons já que ela e Eloise são melhores amigas. O que a melhor amiga de Penelope não sabe é que a moça sempre foi apaixonada por Colin, o terceiro filho Bridgerton e um dos cavaleiros mais encantadores de Londres. Penelope está disposta a manter seu amor e encantamento por Colin em segredo para o resto de sua vida e sabe que não tem a menor chance com ele.
 
Durante todas as temporadas que participou, Penelope nunca recebeu nenhuma proposta de casamento e, na verdade, era praticamente invisível. E agora, aos 28 anos, está determinada que será para sempre uma solteirona. Quando Colin volta de uma de suas viagens, Penelope acaba descobrindo um segredo seu, o que acaba os unindo. Colin passa a ver Penelope com diferentes olhos: ela é uma moça espirituosa, de humor afiado e um bom coração. 

A escrita de Julia Quinn é em terceira pessoa, mas o foco está sempre nos dois protagonistas, de forma que é impossível não nos sentirmos apegados com eles, sabendo de todos seus pensamentos como se eles próprios estivessem narrando o livro. Os Segredos de Colin Bridgerton foi uma escolha muito sábia de leitura, pois eu estava empacada com outros livro e não conseguindo ler nada. Foi só eu ler a primeira página desse livro que eu não queria largar mais!

Quem já leu algum dos três livros anteriores com certeza conhece Penelope Featherington. Ela era a moça esquecida pela alta-sociedade e quando era lembrada era em um tom de zombaria e risinhos. Além disso, Lady Whinstledown sempre a comprava com alguma fruta madura, como melão, dado a cor dos vestidos que sua mãe escolhia que nada valorizavam a moça. Mas, de alguma forma, a família Bridgerton sempre a acolheu e a defendia sempre que podiam e era necessário. É impossível não se apegar à Penelope. Ela é inteligente, engraçada, com opiniões fortes e bondosa. Deu vontade de ter Penelope como amiga na vida real.

Colin é um homem atencioso, engraçado e encantador. O que eu apreciei muito, visto que muitas vezes os mocinhos dos romances de época sempre são irritadiços, impacientes e grosseiros. Mas Colin não, e não é a toa que Penelope alimenta por ele uma paixão secreta durante tantos anos!  O que a moça não vê é que os dois combinam completamente. Eles foram feitos um para o outro e conforme eu lia, mais ansiosa eu ficava até o momento em que eles perceberiam isso.

'Colin não sabia quando acontecera ou se alguém além dele se dera conta disso, mas Penelope Featherington não era a mesma mulher que ele conhecia.
Além disso, a gente consegue conhecer mais da família Bridgerton e ir se apegando ainda mais (se é que isso é realmente possível) aos outros personagens, como Eloise, Hyacinth e a própria Violet, a mãe. Os diálogos sempre muito inteligentes e perdi a conta de quantas vezes tive que prender o riso enquanto lia de madrugada.

O casal (Colin e Penelope) é absolutamente perfeito e cada cena deles me deixava com o coração quentinho, se eu fosse um emoji nesses momentos seria justamente aquele com dois corações nos olhos, pois era exatamente assim que me sentia quando lia sobre eles, mesmo nos momentos engraçados ou de tensão havia uma química incrível.

Porém o ponto alto desse livro (em minha opinião) não foi exatamente o romance dos dois protagonistas, mas sim o desafio que fora lançado na sociedade londrina de descobrirem quem era a Lady Whinstledown. Com a recompensa de mil libras, todas as pessoas estavam fazendo suas apostas e tentando enlouquecidamente descobrir quem era a mulher misteriosa que escrevia há uma década sobre todos os principais eventos da alta-sociedade. Eu juro que não esperava que isso fosse ser revelado, mas acabou sendo e eu não poderia ter ficado mais surpresa. 

Tem todo um suspense sobre quem é a Lady Whinstledown e as intrigas que foram surgindo acabaram me deixando grudada na história. E os segredos que eram sendo revelados?! A cada vez que um problema era solucionado, outro surgia e mais curiosa eu ficava para saber como ia acabar. E isso foi muito interessante, pois não deixou a leitura cansativa em nenhum momento. A Julia Quinn tem a habilidade de ir criando vários enredos diferentes (embora sempre interligados) dentro de uma história. 

Essa é aquela história repleta de surpresas e reviravoltas que deixa o leitor com os olhos arregalados e de boca aberta em diversos momentos. Mas também é uma história que esquenta o coração e faz você torcer do ínicio ao fim pelo final feliz.

Nota: 5/5

Notas: 1 - Ruim, péssimo;  2 - Médio, regular; 3 - Bom, legal;  4 - Muito bom;  5 - Ótimo, incrível; ♥ - É um dos meus preferidos
 Quer acompanhar minhas leituras? Me adiciona/segue no skoob!


Compre 'Os Segredos de Colin Bridgerton' na Amazon:


3 comentários:

  1. Olá, Aléxia.
    Eu amo a família Bridgerton, mas esse livro foi o mais decepcionante para mim. Como O Colin vinha arrasando nos outros livros esperava bem mais do livro dele que na verdade acabou sendo o livro da Penélope. Mas ainda assim é um ótimo livro.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi Alexia,

    Adorei esse livro, ainda mais com a revelação da Lady W.
    Desses quatro que li, foi o que mais me agradou.
    Preciso ler o 5° logo.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alexia. Tudo bem? Não costumo ler romance de época, mesmo muita gente falando tão bem não é um gênero que me cativa. Esse mês tô em uma leitura coletiva de Orgulho e Preconceito, mas só por ser um clássico mesmo 😂

    lidiiadias.blogspot.com

    ResponderExcluir

BlogsBrasil