terça-feira, 29 de maio de 2018

Novo ângulo


Oi, gente! Quanto tempo, né?

Eu andei mega sumida, tanto daqui quanto das redes sociais do blog e vou explicar direitinho o que aconteceu e como serão as coisas de agora em diante por aqui, então, pega uma xícara de café e me acompanha...

Desde o começo de abril que eu estava me sentindo meio mal. Problemas emocionais e pessoais de ordem geral estavam me afetando bastante e para piorar a situação eu comecei a ler um livro que estava despertando em mim sentimentos muito ruins. Ou seja, a combinação perfeita para uma bomba de bloqueio literário.

No começo, eu não queria mais ler nada e isso estava me deixando completamente apavorada. Afinal, eu tenho uma meta de ler 80 livros em um ano e para isso eu tinha que manter uma boa frequência de leitura TODOS os meses. Nos 3 primeiros meses do ano eu não me senti pressionada com a meta que estipulei para mim mesma, porém quando abril entrou e outros problemas surgiram em minha vida, tudo isso se tornou uma grande, grande pressão.

Eu tive que parar de ler. Não porque queria. Mas é que eu simplesmente não conseguia. Ler estava me deixando mal, desanimada e eu comecei a ver mais como uma obrigação, até mesmo pelo blog. Afinal, se eu não ler, eu não tenho conteúdo para trazer nesse espaço.

Foi então que eu decidi parar. Ler para mim é uma coisa maravilhosa, uma válvula de escape do mundo real. A partir do momento que eu estava me obrigando a ler, eu estava destruindo toda a beleza que antes eu via nessa atividade. E por isso eu simplesmente resolvi me afastar mesmo e voltar a ler somente quando eu sentisse aquela vontade louca de conhecer novas histórias, de mergulhar em outros mundos.

As semanas foram se passando e eu estava bem tranquila com isso. Estava organizando a minha vida, meu emocional e aos poucos aquela saudade do prazer da leitura começou a bater em mim de novo. E eu me senti preparada para voltar a ler e, consequentemente, voltar com o blog também.

Eu amo escrever, eu amo ler. Mas isso não é TODA a  minha vida. A minha vida - e a sua também - vai além do que essas pequenas coisas que amamos fazer. Eu sentia que eu precisava de um tempo afastada dos livros para perceber outras áreas de minha vida que estavam sendo negligenciadas. Infelizmente, nós nunca temos tempo para fazermos tudo aquilo que queremos fazer. E precisamos aprender às vezes a nos afastar para lançar um olhar a partir de outro angulo e ver o tamanho real que as coisas tem e devem ter em nossas vidas.


O que isso afeta o blog? 

Bom, eu não sei ainda. Essa é uma pergunta que eu tenho feito a mim mesma. Eu amo consumir conteúdo sobre livros. Amo produzir conteúdos sobre livros. Amo ler, amo escrever livros e amo conhecer livros. E isso é tudo que sei. Então, eu tentarei continuar com esse trabalho aqui, fazendo isso que me traz tanto prazer e alegria, mas nunca mais me obrigando a produzir nada.

Espero contar com vocês nessa nova "fase" que eu espero que se torne um novo modo de ver a vida - e os livros. Se tiverem experiências parecidas para compartilhar comigo sobre isso, por favor, me contem aqui nos comentários. Vou adorar conversar com vocês sobre! Um super beijo, tchau!

Um comentário:

  1. OI Aléxia, sei bem como é isso e nós blogueiros literários temos que dosar bem tudo isso! Encontre seu tempo, e faça as coisas no seu tempo mesmo. Pois como você disse, se virar obrigação, deixa de ser prazeroso, dai perde o sentido né?

    Beijos Joi Cardoso
    estantediagonal.com.br

    ResponderExcluir