sábado, 19 de janeiro de 2019

Como viver na era digital, de Tom Chatfield | Resenha #34


Pense em um livro pequeno, fácil de ler, mas com um conteúdo profundo e bastante relevante. Esse é Como viver na era digital. Escrito por Tom Chatfiel, um radialista e filosofo da tecnologia, o livro traz muita informação sobre como o mundo em que vivemos está em constante mudança por causa das inovações tecnológicas - e como isso afeta toda a nossa vida, desde a psicologia de nossos comportamentos mais simples até afetar todo o nosso modo de nos relacionarmos uns com os outros.

Título: Como Viver na Era Digital
Autor: Tom Chatfield
Editora: Objetiva
Páginas: 176
Ano: 2012
SKOOB | AMAZON


Fazer uma resenha de Como viver na era digital é complicado porque esse foi um livro um tanto intenso para mim. Eu gosto muito de estudar sobre tecnologia em uma questão mais filosófica e sociológica sobre o assunto, aprendendo a enxergar como o mundo digital tem nos moldado. E o autor ao longo do livro lança diversos conceitos e reflexões que são um pouco complexas, o que me fez ter que pausar a leitura diversas vezes para poder pensar sobre aquelas questões. 

Embora seja um livro com questões aprofundadas sobre a era digital e a forma como temos vivido nela, Tom usa uma linguagem muito simples, atual e descomplicada - o que ajuda muito com que a leitura tenha sido fluida. O livro não é complicado, mas o tem é dificil justamente por ser tão real e, para mim, extremamente assustador.

Até hoje nos valemos de opiniões críticas e do embate entre elas. Porém, quando todos nos tornamos capazes não só de ter nossas próprias opiniões, como também de publicá-las abertamente, meras proclamações individuais de conhecimento sobre um assunto começam a parecer frágeis como porcelana. 

Uma das reflexões mais interessantes que o livro trouxe para mim foi sobre a questão de que hoje todo mundo é multitarefa. Nos orgulhamos disso e, na verdade, tratamos esse comportamento como se fosse uma habilidade importante para conseguir ser bem sucedido.  Mas isso não significa que ser multitarefa (a capacidade de realizar várias atividades ao mesmo tempo) é algo bom. E esse é um efeito de como estamos tentando transformar o nosso agir mais parecido com o de uma máquina.

Tom Chatfield vai trabalhando ao longo do livro pequenas, mas relevantes partes de nossas vidas que tem sido transformadas com a era digital. Como a nossa memória passa a trabalhar de uma forma diferente, já que passamos a terceirizar nossas memórias, deixando que uma máquina seja nossa memória. E isso, com o passar do tempo, pode ser extremamente confuso. Não deixamos mais a nossa memória trabalhar como ela deve trabalhar.

 Além desses temas, o autor vai trabalhando toda a questão de compartilhamento, de como assumimos na internet inúmeros papeis de autoridade sem nem mesmo perceber. E como tudo isso cria uma fragilidade gigantesca para o conhecimento verdadeiro. Os debates se tornam cada vez mais frágeis, os argumentos se tornam vazios de conhecimento e somos validados não pelo que falamos, pelo nosso conhecimento e as habilidades que legitimariam nossos argumentos, mas sim pela popularidade que a internet nos dá: a sensação de que estamos sendo observados sempre e por isso temos o espaço para poder falar qualquer coisa que quisermos.

O livro foi publicado em 2012 e já se passaram 6 anos. É assustador perceber como muitas coisas que em 2012 eram novidades assustadoras para o autor, hoje são coisas absurdamente normais. Perceber as análises dele sobre as tecnologias digitais e seu espanto me faz imaginar como seria se esse livro tivesse sido escrito em 2018. A forma como vivemos tem mudado drasticamente. E isso afeta tudo: a forma como lidamos com a vida, com nós mesmos, com os outros, com o mundo, com a natureza... Tudo tem sido afetado, tudo tem sido transformado muito rapidamente e de uma forma cada vez mais drástica.

Devemos nos esforçar mais do que nunca para encontrar formar e ocasiões para sermos inteiramente nós mesmos; para nos valermos das riquezas culturais tanto do presente quanto do passado, e para fugir da pressão exercida pelo senso comum e pelas reações coletivas.

O livro inteiro me fez pensar muito sobre esses problemas, mas é interessante poder imaginas soluções que podemos aplicar à vida a partir do momento que identificamos os problemas que nos cercam. Acho que é uma leitura extremamente válida e rica para quem se interessa em estudar sobre as tecnologias digitais em uma visão sobre o comportamento humana. Eu adorei o livro e com certeza quero ler outros dessa série The School of Life.

Compre Como viver na era digital e outros livros de The School Of Life:


8 comentários:

  1. Oi, Lex! Tudo bem? Esse livro parece ser bem interessante, devido a faculdade tenho começado a pensar mais em como toda essa tecnologia influencia o nosso comportamento e realmente é assustador, mas pretendo ler mais sobre o assunto esse ano, obrigado pela indicação! Bjss
    https://thedesencantada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Deve ser bem interessante esse livro.
    Estou com uma Pesquisa de Público no blog e convido você para participar.
    big beijos,
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  3. Adoro esse tipo de temática e fico apaixonada quando a obra se mescla bem à tópicos humanos assim. Indicação de ouro e resenha enriquecedora!

    semquases.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha. Estudei bastante sobre novas tecnologias, internet e mídias digitais e esse livro parece muito bom :)

    http://www.letraecafe.com.br

    ResponderExcluir
  5. Esse livro parecer ser otimo. Eu gostei dos assunto que ele aborda, gosto de livros que traz uma conhecimento depois

    http://www.dosedeestrela.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lex! Tudo bem?

    Eu não conhecia este livro, mas estou bem curiosa agora. É incrível quando um livro, mesmo pequeno, consegue nos fazer pensar e refletir tanto, não é? Eu achei bem interessante os pontos que você levantou, como a questão da habilidade de multitarefas e também sobre a forma como terceirizamos nossas memórias. Mas é incrível você ter visto que de 2012 para hoje, em tão poucos anos, já tenha tido tantas mudanças que é possível comparar, e bom, é isso que a tecnologia faz, torna o novo muito velho e sempre traz mais e mais coisa que pode ser bom, mas também pode nos sobrecarregar.
    Eu quero muito ler este livro.

    Beijos,
    Blog Magia é Sonhar
    Canal Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  7. Amei essa sua postagem, sempre estou visitando seu blog e lendo suas postagens.. Seu blog está salvo em meus favoritos..

    Parabéns!

    Amo seu blog ❤️ ..

    Meu Blog: Bahia dá Sorte

    ResponderExcluir
  8. Uau, parece ser um bom livro! Pelo conteúdo e sua resenha eu leria sim!

    www.coisasdepriscila.com
    bjx l Insta: @priscilafrr

    ResponderExcluir

BlogsBrasil