terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Quarto dia da Maratona Literária (01 a 06/12/18)


Eu pensei seriamente em me fingir de desentendida e nunca mais falar sobre essa maratona em minha vida. Eu realmente estava confiante e super animada para ler vários livros nessa semana, porém, a vida aconteceu aí no meio. 

Sendo sincera: o único dia que eu realmente consegui ler a meta foi no dia 1º. O segundo dia eu tinha planos de ler à noite, mas com as minhas crises de enxaqueca, minha cabeça começou a doer e doer e o resultado foi que eu não li mais nada no domingo. No terceiro dia (ontem) eu estava bem mal emocionante, tive uns problemas pessoais que me deixaram muito ansiosa e eu acabei também não conseguindo ler. 

Por fim, hoje, quarto dia, eu tive que acordar bem cedo para fazer um exame meio chato e acabei, de novo, não conseguindo ler. Minha sorte foi só que li umas vinte páginas enquanto estava no trem, ainda na ida. Mas isso foi só por enquanto.

Isso significa que até o momento eu li apenas 184 páginas de Vinte Garotos no Verão - que era para ter sido concluído ontem. Ainda não comecei a ler nenhum dos outros livros e agora só falta dois dias para a maratona chegar ao fim. 

Por isso eu realmente estava pensando nas vantagens em fingir que essa maratona nunca existiu. Mas, por algum motivo estranho, eu decidi escrever esse post mesmo assim e contar do meu fiasco. 




O motivo para eu fazer esse post



Eu acho que a gente sempre tem que respeitar nossos limites - mesmo quando queremos muito que algo aconteça. Se for para além da nossa capacidade, não devemos ter vergonha disso. No segundo dia eu realmente não conseguia ler, queria muito mesmo, mas estava além de mim e se eu tentasse acabaria me fazendo muito mal. 

Há algum tempo atrás isso teria me deixado muito triste e desanimada. Mas nesses últimos tempos eu tenho aprendido que o mais importante não são os objetivos - mas sim quem eu me torno enquanto tento alcança-los. Eu sei que não vale a pena eu passar por cima de mim mesma apenas para provar algo para mim mesma (???). 

Não vale a pena eu ler um livro mesmo sentindo dor de cabeça e sofrendo com isso apenas porque eu me prometi que eu ia fazer uma maratona dar certo, sabe? Isso seria uma crueldade muito grande comigo. 

Isso sempre foi algo que fiz muito comigo mesma, especialmente quando se trata de leituras e metas. Mas agora eu estou aprendendo a ter uma relação mais saudável com isso. 

Tá tudo bem não atingir uma meta. Tá tudo bem ficar atrasada às vezes. 
O que não estaria bem seria eu me tratar mal.

18 comentários:

  1. Oi, Aléxia
    Eu sou você todinha nas maratonas. Começava cheia de vontade e nunca concluía nada. Infelizmente isso me fez desistir de participar desses desafios.
    Eu li Vinte garotos no verão mas achei o comecinho bem lento, apesar da história ser linda.
    Boa sorte!

    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Alexia,
    Te entendo perfeitamente. Eu vivo tendo crises de enxaqueca então, não participo muito de maratonas - e dificilmente faço por mim mesma - por esse motivo.
    E o início de Vinte Garotos no Verão é meio meh, na época que eu li até gostei de bastante coisa, mas hj em dia se pegasse de novo, não sei.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  3. Sei como é isso! Meio chato quando a gente quer ler e não consegue por N motivos. Acontece direto isso comigo!
    Beijos
    TEM SORTEIO ROLANDO
    https://oneoffjulia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Aléxia, eu concordo com o que disse, não vale a pena continuar uma coisa que não fará bem naquele momento, só para provar algo a si mesma. Independente do que seja. Nem sempre podemos abraçar o mundo. Temos de respeitar nossos limites.
    Espero que a enxaqueca e a ansiedade tenham melhorado! ^^

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  5. Eu também estou em uma fase gripada e lendo muito pouco. Tinha uma leitura coletiva para acabar até o final da semana mas estou vendo que não vou conseguir. Mas não podemos ultrapassar nossos limites..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. As vezes as coisas nãos saem como planejamos e tudo por isso! Não precisamos nos cobrar demais e respeitar nossos limites é realmente importante. Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  7. Oiii Alexia

    Muito ânimo. Maratonas são às vezes dificeis mesmo, porque a gente se planeja e quando dá errado alguma coisa a gente quer mais é parar tudo, mas segue em frente, espero que vc consiga cumprir a meta. Boa sorte.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  8. adorei o post, é mt legal a gente se comprometer com um projeto, mas nem sempre as coisas saem como a gente gostaria, mas temos que nos cobrar menos, e com certeza respeitar nosso tempo

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  9. Eu sei que a gente fica mal quando não faz por completo algo, mas as coisas são assim mesmo, não desanima!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Alexia!
    Eu não curto muito maratona porque eu me cobro demais e acabo não aproveitando a leitura. Continue nos contando mais sobre sua maratona.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Natal Literário 2018: 5 kits, 10 ganhadores. Participe!

    ResponderExcluir
  11. É isso mesmo, esta tudo bem não conseguir as vezes e terão outras vezes, outras metas, só não vale desistir! :*

    www.coisasdepriscila.com
    Instagram l Beijo.
    Nos encontramos toda seg, qua e sex.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Aléxia

    "Mas nesses últimos tempos eu tenho aprendido que o mais importante não são os objetivos - mas sim quem eu me torno enquanto tento alcança-los. Eu sei que não vale a pena eu passar por cima de mim mesma apenas para provar algo para mim mesma (???)."

    Mulher, arrepiei nesse trecho. É muito como eu venho me sentindo! Se fosse há algum tempo eu me forçaria a ler, já que estou cheia de leituras atrasadas, mas por que forçar uma coisa que é para me dar prazer? Eu vira e mexe tento participar de maratonas, mas é justamente para ver até onde eu consigo ir do que para alcançar um objetivo de ler x livros.
    Gostei muito da honestidade da postagem! <3

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Aléxia, tudo bem?
    Concordo super, é fundamental conhecer nossos limites. Se não, acabamos nos forçando a algo que pode nos fazer mal.
    Eu não sou adepta a maratonas literárias, por exemplo, porque não gosto de me sentir pressionada a fazer algo que amo, que faço por hobby.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  14. Oi, Lex!

    Costumo parar de maratonas só quando sei que vou ter tempo e disposição pra isso. Caso contrário, é super ruim a gente se sentir obrigado a ler pra cumprir uma meta, nem aproveitamos direito a leitura. Maratonas são bacanas, mas se você achar que não consegue, lê na paz no seu próprio tempo!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Te entendo totalmente nesse post, moça, que vontade que me deu de te abraçar e dizer que tá tudo bem. É o tipo de coisa que eu gostaria que fizessem comigo(aqui quem vos escreve é uma pessoa rindo de nervoso). Às vezes eu tenho crises de enxaqueca que chegam a durar dias e é muito ruim o sentimento de incapacidade que bate na gente quando não conseguimos fazer algo por conta dela, te entendo totalmente.
    Sinto muito por sua maratona não ter dado tão certo quanto você queria, mas ainda assim fico feliz por suas reflexões acerca dela e por ter tirado esse peso de você.

    Um abraço!
    baudogirassol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Eu acho importante contar também sobre experiências que deram errado, por que a vida sempre acontece em qualquer plano que a gente tenha, e nem sempre o que desejamos acontece como deveria. Amei a sua conclusão e concordo totalmente.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  17. Oi Alexia,
    Essa postagem é muito importante porque muitos não lidam bem com frustrações, eu mesma sou dessas. Então até evito fazer metas, mas acho válido sabermos respeitar nosso tempo.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Muito importante fazer um post sobre isso. A gente vive lendo posts em que as pessoas vivem falando de suas metas e das que conseguiram cumprir e tal, mas também é importante falar das metas que a gente não conseguiu cumprir. Não é por falta de comprometimento e sim por pequenas coisas que acontecem que faz a gente mudar nossos planos. As vezes a gente vai dormir com o dia seguinte todo planejado na cabeça e no dia seguinte acorda com enxaqueca (isso já aconteceu tantas vezes comigo que já perdi as contas). Tudo no seu tempo.
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir

BlogsBrasil